Exemplos de Vida reflete a beleza e a singeleza da alma feminina racionalista cristã, nos ensinamentos das nobres mulheres Maria Thomazia, Maria Cottas e Maria de Oliveira. Encontrei nestes espíritos exemplos que dizem muito a todas as mulheres ávidas por esclarecimento. Como mãe e eterna estudante desta doutrina, ao ler e transcrever cada letra de suas páginas, senti que cresci um pouco mais, e deixá-las em meu arquivo pessoal seria demais injusta para com todas, assim, publico seus exemplos e um pouco de suas biografias para quem desejar sentir a vibração e a ternura do amor existente em cada palavra. Maria de Fátima Almeida

O trabalho - Por Maria Cottas

O TRABALHO, MEUS AMIGOS, É TÃO PRECIOSO QUANTO O ALIMENTO.
Vontade e Desejo
Uma Questão de Reeducação!

As criaturas que trabalham metodicamente, comem bem, fazem boa digestão, dormem sono tranquilo, enfim, gozam saúde, são fortes e robustas, possuindo alegria e bom humor.

Quem trabalha, ganha o necessário para se sustentar e até para fazer pecúlio.

Para o homem trabalhador não existem dificuldades. Entretanto, para os inimigos do trabalho tudo é difícil na luta pela vida.

Para aqueles que, de fato, querem ser úteis e independentes, toda espécie de trabalho é boa.

Viver de expedientes, ou procurar adquirir dinheiro por outra forma que não seja trabalhando, é sempre um meio de vida falso e até desonesto.
Limpeza Psíquica

Trabalhar, é um dever, é uma necessidade que se impõe a todo o homem.

O milionário deve educar os filhos para o trabalho, porque, se o não fizer, eles não saberão conservar nem dar valor àquilo que lhes for legado.

Quem não sabe trabalhar, não é competente para mandar ou administrar; também não sabe dar valor ao dinheiro, estando até arriscado a ficar sem ele.

O trabalho é necessário tanto aos pobres como aos ricos; aqueles, trabalham porque precisam ganhar a vida; estes, porque devem ocupar o tempo para não serem vítimas da ociosidade, pois é ela que leva as criaturas à loucura.


(edição esgotada)
Conheça outros
livros do RC
O homem nunca deve envergonhar-se de exercer uma profissão humilde, pois todas as profissões são honrosas quando honestas.

O trabalho dignifica o homem, eleva-o e fá-lo respeitado.

Assim como os bons pais cuidam da educação e instrução dos filhos, também estes devem cuidar do labor, procurando imitar no trabalho e na honra os genitores.

Os filhos que não forem trabalhadores e econômicos, não saberão ser amigos dos pais, nem tão pouco dignos de ser cidadãos brasileiros.

QUEM NÃO TRABALHA É PARASITA. É NOCIVO À FAMÍLIA E À PÁTRIA.

O trabalho
Por Maria Cottas

Fonte: Livro Contos Morais (edição esgotada)

Poderá gostar de conhecer: