Exemplos de Vida reflete a beleza e a singeleza da alma feminina racionalista cristã, nos ensinamentos das nobres mulheres Maria Thomazia, Maria Cottas e Maria de Oliveira. Encontrei nestes espíritos exemplos que dizem muito a todas as mulheres ávidas por esclarecimento. Como mãe e eterna estudante desta doutrina, ao ler e transcrever cada letra de suas páginas, senti que cresci um pouco mais, e deixá-las em meu arquivo pessoal seria demais injusta para com todas, assim, publico seus exemplos e um pouco de suas biografias para quem desejar sentir a vibração e a ternura do amor existente em cada palavra. Maria de Fátima Almeida

Perfeição humana não existe – Por Maria Cottas

O indivíduo que sonha com perfeição absoluta esforça-se inutilmente. Perfeição absoluta não existe nem pode existir, visto serem imperfeitos todos os seres que lutam neste mundo para atingir certo grau de espiritualidade.

O espírito é parcela da grande força universal em evolução contínua. No processo evolutivo, passa de encarnação em encarnação por inúmeras experiências, pois a vida é uma rotina de lutas.

Já disse alguém que a humanidade é como o mar: vai e volta. Com rapidez, alguns seres acumulam fortunas colossais, galgam posições sociais. E com mais rapidez descem delas. Ao subir, uma corrente de amigos os acompanha, todos solícitos e cheios de curvaturas vertebrais, como no poema "Os meus amigos", de Camilo Castelo Branco.
Quando o autor ficou cego, apenas um amigo apareceu para estender-lhe a mão, amparando e suavizando sua desventura. Como a História registra, tal ocorre com governantes, com homens e mulheres de valor, com qualquer um. Como atores e atrizes, representam seus papéis no grande teatro da vida, e todos passam.

Livro Clássicos RC, Vol 3
Edição Esgotada
O ser humano está sujeito às leis evolutivas, leis comuns e naturais que tudo regem no Universo. Assim sendo, deve trabalhar em prol da perfeição, mas certo de que ela é relativa, nunca absoluta. No dia em que abandonar o rumo tomado até aqui, e se resolver a indagar, raciocinar, meditar, não se julgará mais uma perfeição.

Vai abstrair-se da matéria, percebendo, então, que algo imaterial o anima - o espírito. Vai querer aperfeiçoar-se o mais possível, espiritualizar-se, convencido, porém, de que perfeição absoluta, neste mundo, ninguém conseguirá atingir.

Perfeição humana não existe
Por Maria Cottas


Poderá gostar de conhecer:
 Atavismo